saudepsi.com.br
sex.jpg

       SEXUALIDADE HUMANA


        A discussão da sexualidade sempre foi um problema para a humanidade. Não cabe aqui estudarmos quais os responsáveis que levaram o homem a reprimir ou a não ver essa dimensão humana. O fato é que tal atitude, ao longo das décadas (senão séculos), tem trazido infelicidade e problemas de ordem sexual devido ao desconhecimento e não vivência da própria sexualidade.

Essa situação tem sido causa de muitos distúrbios ou disfunções sexuais que têm afetado tanto homens quanto mulheres e, tão pouco, poupado os jovens. Entre essas disfunções podemos mencionar: para os homens, ejaculação precoce, ejaculação retardada, ausência de ejaculação, disfunção erétil (impotência) primária ou secundária; para as mulheres, vaginismo (dificuldade de penetração), dispareunia (dor durante as relações), anorgasmia (falta de orgasmo) primária ou secundária, frigidez; para ambos os sexos: inibição, primária ou secundária, do desejo sexual. O termo “primária” caracteriza um problema presente desde a 1a. relação sexual. Já o termo “secundária” caracteriza um problema atual e que não existia antes.

 O número de casos conhecidos está aumentando. Não porque as pessoas estejam ficando mais doentes, mas porque o estresse, causado por tais problemas, tem levado as pessoas a vencerem suas inibições e preconceitos e a procurarem ajuda. Podemos pensar que causas orgânicas estejam presentes. Mas, se após avaliação médica não se encontram problemas orgânicos, há que se pensar em circunstâncias psicológicas, emocionais, situacionais e sociais. Aliás, pesquisas indicam que 85% dos problemas sexuais são de origem psíquica.

 Fato é que precisamos entender que se Deus criou nossa sexualidade, há uma finalidade para ela, que me parece não está sendo vivenciada, senão os sintomas colocados acima não estariam nos chamando à atenção. E, assim, ocorre com todas as manifestações da doença. Esta nos mostra um caminho para a perfeição. Somente se mantivermos um “contato” direto com ela, poderemos saber qual a nossa falha, como corrigí-la e o caminho para nossa felicidade.

pic_1440.gifpic_2777.gifpic_5742.gif